O blog dedicado para você mulher.

Você sabe escolher seu protetor solar?

Você sabe escolher seu protetor solar?

Todo mundo está cansado de saber que o sol em excesso é o maior vilão para acelerar o envelhecimento da pele e o câncer de pele. Mas, na hora de escolher o protetor solar do dia a dia, muita gente acaba desconsiderando os fatores mais importantes na compra.

O Protetor Solar Facial: Sua Escolha Mais Importante

O rosto é a parte mais sensível ao sol. Para o rosto em especial, os cuidados devem ser diários — não só em momentos de férias ou praia. O fotoenvelhecimento causado pela exposição ao sol prolongada do dia a dia, resulta em uma pele enrugada, sem elasticidade e com manchas de sol. Eu seja, esse é o tipo de protetor solar mais importante; aquele a qual sua escolha deve ser mais criteriosa.

Você sabe escolher seu protetor solar?

O que levar em consideração na hora da compra?

Vários fatores devem ser avaliados na escolha do melhor protetor solar para o rosto, por exemplo, o seu tipo de pele, cor da pele, e o quanto se expõe ao sol.

  • Se tiver a pele sensível, com alergia ou rosácea, verifique os componentes e escolha um específico para peles sensíveis.
  • Compre um de acordo com o seu tipo de pele. O importante é acertar para não obstruir os poros de sua pele.
  • Fique atenta à composição do protetor solar. Os filtros solares brasileiros em sua maioria contêm como agente principal uma substância chamada 4-metil benzilideno cânfora (4-mbc). Nem sempre é fácil, mas o ideal é evitar essa substância. Ela bloqueia a função da tireóide e com isso a atividade estrogênica cresce, juntamente com o nível de estrogênio. O 4-mbc é absorvido através da pele e desencadeia uma maior produção de estrogênio que é um hormônio feminino. Além desses fatores, o 4-metil benzilideno cânfora é tido por muitos como cancerígeno. Essa substância está proibida em muitos países, mas infelizmente é liberada no Brasil.
  • Verifique se possui proteção UVA e UVB. Além disso, verifique o PPD, que protege contra raios UVA. É preciso que seja informado o valor do PPD na embalagem para que proteja também contra os raios UVA (veja mais informações abaixo).
Você sabe escolher seu protetor solar?

Qual a diferença entre UVA (PPD) e UVB (FPS)?

O Fator de Proteção Solar (FPS) é responsável pela proteção da pele contra os raios UVB. Esses são os raios causadores de queimaduras, ardência e vermelhidão. Esses raios têm maior incidência durante o verão, quando as temperaturas são mais altas e os dias mais ensolarados.

O fator de proteção PPD (Persistent Pigment Darkening), também conhecido como PA +++, é responsável pela proteção da pele contra os raios UVA. Diferente dos raios UVB, os raios UVA afetam nossa pele o ano todo, independente da estação. Esse tipo de radiação traz prejuízos à pele, desde lesões mais simples, manchas e até o câncer de pele.

O PPD ideal é a partir de 10. Como regra geral, o PPD deve representar a metade do FPS. Por exemplo, se seu protetor tem FPS 30, o nível de proteção PPD deve ser 15. Dessa forma, você garante a proteção da sua pele de forma eficaz e evita o surgimento ou o agravamento das manchas do melasma.

A Importância da Proteção UVA

Segundo o médico Dr. Lair Ribeiro, o que causa os maiores estragos na pele são os raios UVA. Infelizmente, a maioria dos filtros solares brasileiros só protegem contra os raios UVB. Ou seja, a maioria das pessoas usam filtros solares comerciais sem saber que não estão sendo protegidas dos raios UVA.

As marcas de filtros solares costumam citar na embalagem “proteção UVA/UVB” e logo em seguida citam algo como “proteção de largo espectro”. Isso quer dizer que a proteção UVB é a indicada no rótulo: FPS 15, 30 ou qualquer outro, mas para a proteção UVA (que é medida em PPD), não há informação. Por isso, na embalagem deveria estar escrito o valor do PPD. Em muitos protetores comercializados no exterior (especialmente os asiáticos), essa informação é sempre indicada.

Dicas de Protetores Solares com Proteção UVA e UVB

A maioria dos protetores que encontramos nas farmácias e supermercados está escrito na embalagem que tem proteção UVA e UVB, porém só cita o valor do FPS e não o PPD, então fica difícil saber se tem mesmo ou não a proteção UVA. Eu acho que, se tem a proteção UVA, deveria ser obrigatório informar o valor do PPD na embalagem.

Separei alguns protetores, que mesmo não tendo a informação do PPD na embalagem, o próprio fabricante informa esse valor (através do site ou outros materiais de referência).

Compartilhe!
Share On Facebook
Share On Twitter
Share On Google Plus

Author Info

Isandra Rangel

Sem Comentários

Postar um comentário

Show Buttons
Hide Buttons